Como montar uma escola? Dicas para obter sucesso

como-montar-uma-escola-dicas-obter-sucesso-numeric

Você, empreendedor, que tem o desejo de investir no setor da educação, sabe quais os passos necessários para montar uma escola?

Em primeiro lugar, é fundamental entender que o segmento da educação traz consigo um mercado altamente competitivo. Ou seja, para empreender em uma escola, deve-se saber lidar com uma forte concorrência.

No entanto, apesar do número alto de concorrentes, sempre haverá demanda para a área da educação. Com isso, investir na abertura de uma escola não é uma má ideia.

Dessa maneira, para montar uma escola de sucesso, é indispensável estudar e entender o mercado da educação de maneira profunda. Existem diversos fatores que devem ser levados em consideração na hora de começar o próprio empreendimento.

Portanto, se você deseja entender melhor como ocorre o processo de abertura de uma instituição de ensino, leia este artigo! Continue acompanhando e tire todas as suas dúvidas sobre este assunto. Vamos lá?

Por que montar uma escola?

Muitas pessoas enxergam uma escola apenas como uma organização  que tem como intuito promover o ensino e a educação de crianças e adultos. No entanto, além dela se apresentar assim, uma escola também é considerada como uma pessoa jurídica, ou seja uma empresa.

O mercado da educação, inclusive, foi um dos que mais cresceu durante o ano de 2019, representando um crescimento de 37,5%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sendo assim, montar uma escola se apresenta como uma excelente oportunidade de empreendimento.

A demanda por instituições de ensino, ano após ano, permanece alta, Inclusive por aquelas que oferecem serviços integrais.

Ou seja, analisando o crescimento no número de novas escolas no Brasil e a constante procura por instituições de ensino, montar uma escola precisa ser um processo feito com muito estudo e excelência. 

No entanto, é comum encontrar vários empreendedores que ainda não sabem sequer por onde começar. Se você possui dúvidas sobre como abrir a sua escola, continue a leitura deste artigo.

Passo a passo para montar uma escola

Na maioria das vezes, as escolas são consideradas empreendimentos estáveis no mercado. Isso se dá, mais uma vez, pelo fato de sempre existir demanda por seus serviços.

Desse modo, independentemente do número de concorrentes no mercado, montar uma escola não é uma má ideia.

Muito pelo contrário, o investimento em uma escola pode acabar gerando um ótimo retorno financeiro para os empreendedores.

Portanto, conheça a seguir os principais passos para montar uma escola de sucesso e crescer no mercado.

Faça um estudo de mercado

Todo e qualquer empreendimento, antes de começar as suas atividades, precisa estudar e entender como o seu mercado funciona.

Vários fatores podem influenciar no crescimento de uma escola como, por exemplo, a sua localização e o seu público-alvo.

Dessa forma, é de extrema importância estudar e levar em consideração alguns pontos de extrema relevância, como:

  • Qual tipo de ensino a sua escola vai se propor a atuar;
  • O seu público-alvo, levando em consideração fatores econômicos  e faixa etária;
  • Quais as preocupações do seu público na hora de escolher uma escola;
  • Qual a distribuição entre as atividades presenciais e à distância (on-line);
  • Quem irá produzir e atualizar o conteúdo destinado aos alunos;
  • Dentre outros.

Sendo assim, é a partir de um estudo de mercado e elaboração de um plano de negócios que você vai saber qual caminho trilhar.

É possível também, por meio de um estudo dos seus concorrentes, identificar qual será o diferencial competitivo da sua escola. Ou seja, aquilo que fará com que os pais escolham a sua instituição para os seus filhos.

Fique de olho nas finanças

Um dos fatores que pode determinar tanto o sucesso quanto o fracasso de uma escola é a maneira como ela lida com as suas finanças.

O setor financeiro deve ser levado em consideração desde os primeiros passos, quando você ainda está pensando em montar uma escola.

Dessa forma, deve-se avaliar e levantar a quantidade de recursos financeiros necessários para abrir uma escola.

Gastos como aluguel do imóvel, materiais, mobília, sistemas de gestão e folha de pagamento dos funcionários são somente alguns exemplos do que precisa ser levado em consideração.

Portanto, é fundamental tanto analisar e planejar qual o capital inicial para o investimento quanto o que será preciso para manter a escola funcionando.

Planeje a estrutura da sua escola

No estudo de mercado, você provavelmente já deve ter definido qual será o endereço da sua escola, certo? Agora chegou a hora de levantar, de acordo com a faixa etária que a sua instituição planeja atender, toda a sua estrutura.

O planejamento da estrutura necessária para montar uma escola é indispensável em toda instituição de ensino de sucesso.

Sendo assim, com todas as informações acima em mãos, é o momento de planejar a estrutura da sua escola.

Por exemplo, quantas salas a sua escola terá? E laboratórios? Caso atenda um público infantil, terá berçários?

Todas essas perguntas acima, somado à outras, devem ser respondidas por meio de um planejamento bem elaborado para a estrutura de uma escola.

Além disso, a estrutura de uma escola não se baseia somente nas questões acima. Aqui, mínimos detalhes são cruciais. A acessibilidade, número de ventiladores e material literário e didático também possuem uma grande importância.

Também é fundamental fornecer segurança e todos os itens higiênicos necessários para o funcionamento de uma escola.

Tenha em mãos toda a documentação necessária

Para montar uma escola e mantê-la devidamente regularizada, é de extrema importância ter em mãos todos os documentos necessários.

Desse modo, para regularizar uma escola, deve-se comparecer, em primeiro lugar, à prefeitura da sua cidade. Órgãos como a Secretária da Educação e Ministério da Educação também cumprem um papel fundamental para licenciamento e autorização da atividade de educação.

Portanto, antes de empreender em uma escola, se certifique de todos os documentos necessários para a sua abertura. Confira alguns dos documentos exigidos:

  • Cópia autenticada do cartão de CNPJ;
  • Requerimento devidamente preenchido e assinado pelo representante (disponível no site da Secretaria da Educação);
  • Cópia autenticada do contrato social e das certidões Negativas dos Cartórios de Protesto localizadas no seu município;
  • A Declaração de Idoneidade;
  • Um termo de responsabilidade;
  • A escritura e planta do imóvel onde a escola está localizada;
  • Um descrição contendo a relação de todos os materiais e acervo utilizado na escola;
  • Uma relação bem detalhada dos recursos humanos;
  • Um documento com um plano de capacitação contínuo referente ao quadro de funcionários;
  • Uma declaração constando a capacidade total de uma escola;
  • Duas vias de um projeto político-pedagógico e do regimento escolar.

Além disso, existem outros passos fundamentais na hora de montar uma escola. Continue acompanhando para descobrir.

Quadro de funcionários

Todo empreendedor que deseja investir em uma escola também precisa levantar quantos e quais são os profissionais necessários.

Ou seja, deve-se elaborar uma lista com todo o quadro de funcionários para uma escola se manter em funcionamento.

Esse ponto está diretamente associado com as finanças de uma escola, uma vez que os profissionais precisam ser remunerados.

Defina uma metodologia de ensino

Outro fator que você não pode se esquecer de definir é a metodologia de ensino que uma escola irá utilizar.

É fundamental que a sua metodologia de ensino esteja de acordo com o público que a sua escola pretende atender.

Dessa forma, é imprescindível que a metodologia escolhida respeite os Plano Nacional de Educação (PNE). Ele é responsável por determinar diretrizes, estratégias e metas referentes à política educacional.

Elabore uma estratégia de marketing

Uma vez que você finalizou o processo de montar uma escola, chegou a hora de definir uma estratégia de comunicação.

Ou seja, deve-se investir em estratégias de marketing para aumentar a visibilidade da sua escola e captar novos clientes.

Portanto, apesar de se apresentar como um processo longo e cheio de detalhes, investir em uma escola pode ser uma escolha bastante recompensadora.

De todo modo, é fundamental contar com uma contabilidade de confiança tanto no processo de abertura quanto na gestão de uma escola. Há vários processos de gestão que podem ser terceirizados como:

  • Elaboração da Folha de Pagamento; 
  • Contabilidade e Fiscal;
  • Tesouraria – Contas a Pagar e Contas a Receber;
  • Cobrança de Inadimplência e Renegociação de débitos vencidos;
  • Gestão das Bolsas de Estudos Prouni, entre outras bolsas governamentais;
  • Gestão de financiamento aos alunos como o Fies ou outras formas de financiamento privado

Não deixe de entrar em contato conosco e descobrir como nós podemos te ajudar!Não se esqueça de acessar o nosso blog e conferir outros conteúdos como o que você acabou de ler!

Compartilhe:

Posts

Open chat
Olá, em que podemos ajudar? Fale conosco pelo WhatsApp!