Montar uma Startup: Primeiros passos

montar-uma-startup-numeric

Você sabe quais são os passos para montar uma startup de sucesso? Abrir o próprio empreendimento e começar a ganhar dinheiro por conta própria tem se tornado um sonho em comum entre os brasileiros.

No entanto, deve-se saber que começar uma startup do zero não é uma tarefa tão simples. São várias as burocracias enfrentadas. E, como estamos falando de um modelo de negócios diferente das empresas tradicionais, o desafio é maior ainda.

Para montar uma startup, é necessário muita dedicação e paciência por parte dos empreendedores. O ideal é testar, ter força de vontade e continuar testando até que a sua ideia seja validada no mercado.

Desse modo, o primeiro passo para uma startup de sucesso é o perfil do empreendedor, que precisa saber o desafio no qual está prestes a encarar. Logo após, existem outros fatores que não podem ficar de fora do seu planejamento.

Portanto, que tal conhecer quais os principais passos para montar uma startup? Leia o nosso artigo com atenção e tire todas as suas dúvidas sobre este assunto. Vamos dar dicas valiosas para o sucesso do seu empreendimento. Acompanhe!

Em primeiro lugar, o que é uma startup?

Sempre é importante reforçar, antes de montar uma startup, o que é uma. Estamos falando de um modelo de negócios totalmente diferente de uma empresa tradicional e que pode crescer de maneira rápida.

Sendo assim, o objetivo principal de uma startup é oferecer um serviço ou produto inovador no mercado. Com isso, ela acaba sendo a solução para a dor ou necessidade dos seus clientes.

Dessa forma, como você já viu em outros conteúdos por aqui, existem algumas características que definem uma startup. São especificidades próprias que acabam fugindo do modelo tradicional das empresas conhecidas no mercado.

Contudo, quais são as principais características de uma startup? Confira a seguir e conheça cada uma delas:

  • Estar inserida em um cenário de incertezas;
  • Possuir um modelo de negócios repetível e escalável;
  • Tem grandes chances de obter retorno financeiro.

Além disso, o modelo de negócios de uma startup tem como prioridade o valor do seu produto ou serviço e sua capacidade de rentabilidade.

No entanto, para montar uma startup de sucesso e crescer no mercado, é necessário entender que existem alguns passos que devem ser seguidos. Afinal de contas, um empreendimento rentável não surge da noite para o dia.

Portanto, confira a seguir quais os principais passos para que seja possível montar a sua startup e começar a ganhar dinheiro com o seu empreendimento.

Como montar uma startup?

Você pode ter chegado até aqui com o questionamento relacionado aos passos necessários para montar uma startup. Afinal de contas, estamos falando de um modelo de negócios com grandes chances de rentabilidade.

Sendo assim, o primeiro é entender que não é uma tarefa tão simples assim. Há muita burocracia envolvida e desafios como gerenciar um time, lidar com financeiro da sua startup, prestar contas a seus financiadores e oferecer algo inovador no mercado.

Não existe uma receita ideal para montar uma startup. Contudo, existem algumas etapas padrões para os empreendedores. Que tal conhecer cada uma delas agora?

Tudo começa na hipótese

Como você acha que nasce um empreendimento? Obviamente, ele não surge de uma hora para outra. Tudo começa com uma ideia, uma hipótese que, com o tempo, começa a tomar forma até que saia do papel.

Sendo assim, o primeiro passo é ter em mente uma ideia de produto ou serviço que vai revolucionar o mercado. Isto é, que atenda as dores e as necessidades do seu público-alvo, a chamada disrupção.

Tal etapa demanda estudo de mercado, entendendo qual é o segmento que a sua startup deseja atuar e se ela vai encontrar concorrentes. Por meio de tal análise, chegou a hora de validar a sua ideia.

A validação da sua hipótese é o momento no qual um empreendedor vai tirar a sua ideia do papel e transformá-la em realidade. Aqui, você é colocado à prova e começa a identificar se a sua proposta, de fato, funciona ou não.

Entrando no mercado

Após ter levantado a sua hipótese e ter obtido a sua validação, chegou o momento de entrar no mercado. É fundamental que você já tenha seu público alvo definido para o direcionamento da estratégia de mercado.

Portanto, o momento de ingressar no mercado é aquele no qual a sua startup vai começar a captar os seus primeiros clientes.

Com isso, é possível identificar se o seu produto ou serviço atende às dores e necessidades do seu cliente. A análise feita aqui permite uma estratégia cada vez mais assertiva para a sua startup crescer no mercado.

Chegou o momento de escalável e repetível

Lembra quando nós falamos que uma startup é marcada por um modelo de negócios que se apresenta escalável e repetível?

Estávamos nos referindo, em primeiro lugar, à uma característica marcada pela possibilidade de expandir os seus ganhos sem que seja necessário aumentar as despesas.

Repetível significa que uma startup pode crescer sem que precisar, em nenhum momento, alterar o seu modelo de negócios.

Sendo assim, após montar uma startup e colocá-la em funcionamento no mercado, os primeiros clientes vão começar a chegar. Isto significa que você já achou um nicho no qual deseja atuar.

Logo, é necessário começar a pensar em como tornar a sua startup escalável e repetível, aumentando assim os seus resultados.

Investir em marketing, vendas e desenvolvimento de produtos

Toda startup precisa de uma estratégia de marketing e vendas para que seja possível alcançar cada vez mais clientes e aumentar a sua autoridade no mercado. Todo empreendedor deve entender que a sua ideia, por mais inovadora que seja, não vai viralizar sozinha. Já o desenvolvimento de produtos é uma necessidade constante para o aprimoramento da qualidade e resposta à concorrência e busca de maior satisfação dos clientes.

Desse modo, o recomendado é que toda startup conte com profissionais especializados para o setor de marketing e vendas e busca incessante na melhoria do produto. Os resultados de um empreendimento passam pelo desempenho desses profissionais.

É o marketing o responsável por gerar cada vez mais leads e oportunidades de negócio para a sua startup.

Enquanto isso, o setor de vendas age de maneira mais focada na distribuição do seu produto ou serviço. Com isso, eles precisam andar de mãos dadas dentro de uma startup.

Faça uma gestão assertiva

O último item da nossa lista de como montar uma startup de sucesso é a implementação de uma gestão assertiva.

São vários os fatores que influenciam no ato de gerir um empreendimento de maneira eficiente. Processos como relacionamento com a sua equipe e com os seus clientes, utilização de sistemas de gestão, contínuo desenvolvimento de produtos e soluções, prestação de contas aos financiadores e administração do dia-a-dia são fundamentais para uma gestão focada em bons resultados.

Dessa forma, o ideal é que a gestão de toda uma startup não seja feita sozinha. Com isso, o gestor pode contar com a ajuda de outros profissionais ou até mesmo serviços especializados.

Uma contabilidade, por exemplo, pode se tornar uma parceira de negócios de um gestor de uma startup. São várias as frentes nas quais os profissionais contábeis podem contribuir dentro de um negócio, como a escolha do modelo tributário, o registro e processamento da remuneração dos colaboradores, a prestação de contas aos investidores anjo, atendimento aos auditores independentes, a escolha e integração com o sistema financeiro, apoio no desenvolvimento do projeto e do orçamento, dentre outras contribuições.

Portanto, não pense duas vezes antes de contar com um serviço especializado de uma contabilidade para a montar uma startup. Lembre-se que é a gestão do seu empreendimento que está em jogo!

Para mais informações e dicas para a sua startup ou negócio, acesse o nosso blog e curta as nossas redes sociais. Constantemente, disponibilizamos vários conteúdos para que você possa gerir o seu empreendimento de uma maneira cada vez mais assertiva!

Compartilhe:

Posts

Open chat
Olá, em que podemos ajudar? Fale conosco pelo WhatsApp!